Arquivo da Categoria "Notícias"

Chamada para Processo Seletivo MD-PhD 2018

Postado por poscardio em 13/jul/2018 - Sem Comentários

PROCESSO SELETIVO CONJUNTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DA PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CARDIOVASCULARES PARA A INSCRIÇÃO NO PROGRAMA DE TREINAMENTO CIENTÍFICO (PTC)-PROGRAMA MD-PHD-CURSO DE MEDICINA UFF

Processo seletivo:

Data das inscrições: 30 de julho a 03 de agosto

Homologação das inscrições: 06 de agosto

Entrega de Recursos devido Indeferimento de Inscrições: 08 de agosto

Resultado Final das Inscrições: 10 de agosto

Análise dos itens da Fase Classificatória: 13 de agosto

Divulgação dos resultados: 16 de agosto

Inscrições no Programa de Treinamento Científico: 20 de agosto

Local: Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Ciências Cardiovasculares

Acesse o Edital

Edital MD-PhD 2018

 

A PGCCV divulga edital para seleção de participantes do PNPD

Postado por poscardio em 12/jul/2018 - Sem Comentários

A Coordenação do Curso de Pós-Graduação em Ciências Cardiovasculares da Universidade Federal Fluminense, divulga o edital para seleção de participantes do Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD), de acordo com a PORTARIA Nº 086, DE 03 DE JULHO DE 2013, CAPES/PNPD.

 

CRONOGRAMA

Inscrições – 23/07 a 26/07/2018

Averiguação dos documentos dos inscritos – 27/07/2018

Divulgação do deferimento das inscrições – 27/07/2018

Avaliação de recursos e divulgação – 30/07/18

Entrevista/defesa de projeto – 01/08/2018 – manhã

Divulgação dos resultados – 03/08/2018

Avaliação de recursos/homologação do resultado – 08/08/2018

 

Clique nos links abaixo, para acessar o Edital na íntegra.

http://poscardio.sites.uff.br/wp-content/uploads/sites/3/2018/07/Edital-PNPD-2018.pdf

http://poscardio.sites.uff.br/wp-content/uploads/sites/3/2018/07/Adendo-ao-Edital-PNPD-2018.pdf

REARI-RJ divulga : Pós doc estrangeiros no Brasil com fomentos europeus

Postado por poscardio em 18/jun/2018 - Sem Comentários

  • Pós-doc estrangeiros no Brasil com fomento europeu. 
  • Prazo para submissão de propostas: 12 de setembro de 2018. 
  • Mais detalhes na mensagem abaixo e no seguinte link: http://bit.ly/MSCAIF2018.

EURAXESS Brazil e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa – CONFAP divulgam as oportunidades oferecidas às instituições e aos pesquisadores brasileiros, no contexto da chamada para Bolsas Individuais (Individual Fellowships – IF) das Ações Marie Sklodowska-Curie (MSCA).

EURAXESS Brazil é uma iniciativa da Comissão Europeia com o objetivo de promover a mobilidade internacional de pesquisadores. Entre outras atividades, realiza a promoção e a divulgação dos fomentos da Comissão Europeia para esta mobilidade.

CONFAP foi indicado como Ponto de Contato Nacional (NCP) para o Brasil, no contexto do programa da Comissão Europeia, Horizonte 2020, Ações Marie Sklodowska-Curie (MSCA), voltado para o fomento da mobilidade de pesquisadores de excelência, em nível internacional, por meio de intercâmbios com a União Europeia.

Nesse contexto, leva ao seu conhecimento a possibilidade de trazer pesquisadores baseados na Europa a fim de realizar um pós-doc de até 2 anos nos seus laboratórios, integralmente financiados pela UE.

As Ações Marie Sklodowska-Curie (MSCA) financiam, entre outras coisas, a mobilidade de pesquisadores experientes (pós-doc), por meio de suas Bolsas Individuais (IF). Há duas modalidades de IF:

–        do Brasil (ou outro país) para a Europa (MSCA Individual Fellowship / European Fellowship)

–        ou da Europa para o Brasil (MSCA Individual Fellowship / Global Fellowship).

Você encontrará um guia preparado para os pesquisadores e instituições brasileiras explicando como podem se beneficiar em: http://bit.ly/FocusMSCA.

A chamada MSCA IF 2018 abriu no dia 12 de abril e tem seu prazo final em 12 de setembro de 2018. Mais detalhes em: http://bit.ly/MSCAIF2018.

No caso das Global Fellowships, os pesquisadores europeus submetem uma candidatura para uma bolsa junto à instituição da Europa. Dessa forma, a instituição no Brasil será considerada como “partner organisation”.

Assim, a primeira etapa seria de se familiarizar com essa possibilidade, e entrar em contato com seus parceiros na Europa. Também é possível expressar seu interesse em sediar um candidato à uma bolsa IF/GF, publicando uma hosting offer no portal EURAXESS (consulte o passo a passo em http://bit.ly/HowtoPost_HostingOffers).

Aberto edital que oferece três bolsas de doutorado-sanduíche, através de parceria entre a UFF e o Santander Universidades.

Postado por poscardio em 18/jun/2018 - Sem Comentários

Informações essenciais:
– Inscrições: até 11/7;
– Início da permanência no exterior: 2019-1;
– Permanência mínima: 3 meses;
– O valor total concedido a cada bolsista é de R$ 15.566,00 para todo o período, independentemente do período de permanência;

– Não será concedida mais de uma bolsa de doutorado por programa de pós-graduação.

Extratos do edital:
  • “A Superintendência de Relações Internacionais da Universidade Federal Fluminense, no âmbito do Programa Institucional de Internacionalização e do Programa de Mobilidade Acadêmica, torna público o edital para seleção de candidatos ao Programa Mundi de Bolsas de Mobilidade Internacional Santander Universidades, destinadas a estudantes de graduação e doutorado da UFF.”
  • “Serão concedidas 5 (cinco) bolsas, no valor de R$ 15.566,00 (quinze mil, quinhentos e sessenta e seis reais) cada uma, que serão pagas aos estudantes selecionados em uma única parcela, assim distribuídas: 2 (duas) bolsas para estudantes de graduação e 3 (três) bolsas para estudantes de doutorado. Não será concedida mais de uma bolsa de doutorado por programa.”

Edital, anexos e outras informações encontram-se aquihttp://www.editais.uff.br/4009.

Prêmio Capes – Natura Campus de Excelência em Pesquisa recebe inscrições

Postado por poscardio em 12/jun/2018 - Sem Comentários

Agência FAPESP – A Natura, em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) abriu inscrições até 4 de julho de 2018 para o Prêmio Capes – Natura Campus de Excelência em Pesquisa. A premiação tem como objetivo estimular a pesquisa e a produção de artigos científicos de alto impacto acadêmico nas áreas de Sustentabilidade e Biodiversidade.

Em sua segunda edição, o prêmio de 2018 selecionará artigos nos temas: “Biodiversidade: Bioconversão de resíduos de cadeia amazônica” e “Conservação: Prospecção de microrganismos potenciais para bioativos”.

Os autores vencedores serão premiados com o valor de R$ 25 mil, passagem aérea e diária para comparecerem à cerimônia de premiação, além da obtenção de certificado.

Podem concorrer ao prêmio trabalhos individuais ou em coautoria de portadores do título de mestre ou doutor ou matriculados em programas de mestrado ou doutorado, vinculados a uma instituição de pós-graduação e pesquisa reconhecidos pelo Ministério da Educação.

Os artigos devem ter sido publicados em periódico científico de alto impacto a partir de 2016 até a data de encerramento das inscrições. Os interessados devem se inscrever pelo site da Capes. A publicação dos premiados será feita no Diário Oficial da União até 18 de setembro.

Mais informações: www.capes.gov.br/bolsas/premios/premio-capes-natura

Prof. Claudio Tinoco fala ao Conexão Futura sobre poluição e doenças cardiovasculares

Postado por poscardio em 04/jun/2018 - Sem Comentários

O Prof. Claudio Tinoco Mesquita, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Cardiovasculares, concedeu uma entrevista ontem (05 de junho), ao Conexão Futura, sobre Poluição e Doenças Cardiovasculares. Confira a entrevista na íntegra no Futura Play http://www.futuraplay.org/video/poluicao-ambiental-e-doencas/427912/

 

Revista Saúde Online publica entrevista com Prof. Claudio Tinoco sobre poluição e doenças cardiovasculares

Postado por poscardio em 25/maio/2018 - Sem Comentários

Poluição causa mais mortes por males cardiovasculares que doenças crônicas

Segundo um artigo, a imundície do ar provoca mais óbitos por infarto, AVC e afins do que diabetes ou obesidade, por exemplo. O que fazer?

Poluição ambiental é a segunda maior causadora de mortes por doenças cardiovasculares. (Foto: Paulo Liebert/SAÚDE é Vital)

 

Um artigo científico publicado recentemente na Revista Circulation, da Associação Americana do Coração, ressalta que a poluição do ar foi responsável por cerca de 3,3 milhões de mortes no mundo decorrentes de doenças cardiovasculares em 2016. O assustador é que esse dado supera o número de óbitos atribuídos a problemas crônicos, como tabagismo (2,48 milhões), obesidade (2,85 milhões) e diabetes (2,84 milhões). Apenas a hipertensão arterial mata mais gente por problemas como infarto ou AVC.

Pois é: a poluição ambiental não só agrava problemas respiratórios, como rinitebronquite e pneumonia. Segundo Claudio Tinoco, diretor científico da Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro (Socerj), a contaminação atmosférica leva a uma maior agressão dos vasos sanguíneos. Isso, por sua vez, favorece a aterosclerose – uma formação de placas de gordura nas paredes internas das artérias que pode obstruir o fluxo do sangue no coração ou no cérebro, por exemplo.

Além disso, de acordo com o médico, a exposição ao ar sujo aumenta a pressão arterial, a frequência cardíaca e a inflamação dos vasos. São alterações que, com o tempo, bagunçam a saúde cardiovascular.

No artigo, os autores destacam que algumas pessoas devem se preocupar mais com a poluição. Fazem parte do grupo de risco: idosos, obesos, diabéticos e quem já tem problemas cardíacos.

Dá para escapar da poluição?

Mas como o morador de uma grande cidade pode prevenir doenças cardiorrespiratórias ocasionadas pela contaminação do ar? A verdade é que a poluição se espalha bastante, o que torna praticamente impossível fugir completamente dela.

Os autores do artigo sugerem, ao dirigir, manter as janelas do carro fechadas e deixar o ar condicionado ligado. Só tem que limpar bem o filtro de vez em quando!

Nos dias em que o ar está cinzento, vale a pena até fechar a casa. E para quem usa forno à lenha, é importante manter o ambiente ventilado.

Segundo a publicação, há evidências de que suplementos alimentares de vitaminasantioxidantes e ômega-3 ajudam a proteger o coração contra disfunções desencadeadas pela poluição. Porém, eles só devem ser engolidos após uma consulta com o médico.

Claudio Tinoco ainda dá dicas envolvendo os exercícios: “Todas as pessoas precisam ser estimuladas a fazer atividades físicas, mas as sedentárias não deveriam iniciar a prática em ambientes com altos níveis de poluição”. Segundo o doutor, a movimentação regular protege o coração, porém a imundície atmosférica chega a anular esse benefício.

“Quem faz parte do grupo de risco deve evitar se exercitar em lugares com muitos automóveis, como avenidas de grande circulação”, ensina Tinoco. Ao suar a camisa, priorize momentos fora da hora do rush.

Agora, o cardiologista afirma que os médicos e a sociedade têm o papel social de cobrar o poder público por um controle rígido da poluição ambiental. Assim, todos respiraremos um ar mais saudável.

CAPES e Natura premiam pesquisadores com até 50 mil reais

Postado por poscardio em 22/maio/2018 - Sem Comentários

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e a NATURA selecionarão, por meio do Edital nº 18/2018, artigos científicos de alta qualidade nos temas de Biodiversidade: Bioconversão de resíduos de cadeia amazônica; e Conservação: Prospecção de microorganismos potenciais para bioativos para receberem o valor de R$ 25 mil cada um. As inscrições devem ser feitas de 21 de maio até 4 de julho.

Podem concorrer ao Prêmio, que tem como objetivo estimular a produção de artigos em periódicos de alto impacto acadêmico ou cientifico voltados para a sustentabilidade e biodiversidade, trabalhos individuais ou em coautoria, de portadores do título de mestre ou doutor ou matriculados em programas de mestrado ou doutorado, vinculados à instituição de pós-graduação e pesquisa e reconhecidos pelo Ministério da Educação.

Inscrições
A inscrição do trabalho, deverá ser feita exclusivamente, pelo site http://pcn.capes.gov.br e deverá conter exemplar do artigo completo publicado em periódico, em formato digital; declaração do autor concordando com o regulamento do prêmio; justificativa da candidatura que contemple a contribuição do artigo para as áreas e temas citados; cópia/resumo da dissertação ou da tese a qual está vinculada o artigo ou da proposta de dissertação ou tese para mestrados ou doutorados em andamento; minicurrículo do autor (até 5 mil caracteres com espaço).

Premiação
Além do valor em dinheiro, os premiados receberão passagem aérea e diária para comparecerem à cerimônia de premiação que ocorrerá em data e local a serem definidos e certificado para os autores premiados e para o programa o programa de pós-graduação e pesquisa de onde se originou o artigo premiado.

Acesse o Edital nº 18/2018 do Prêmio.

(Brasília – CCS/CAPES)

Abertas as inscrições para Edital de Apoio a Eventos Científicos Nacionais

Postado por poscardio em 22/maio/2018 - Sem Comentários

Começam hoje as inscrições para o Edital de Apoio a Eventos Científicos Nacionais da Universidade Federal Fluminense – 2018. A presente chamada tem por objetivo selecionar propostas para apoio financeiro à realização de eventos científicos, tecnológicos e culturais de curta duração dentro dos campi da UFF, com envolvimento de pesquisadores, docentes e discentes dos programas de pós-graduação da UFF.  São ainda objetivos específicos da chamada apoiar a divulgação da produção científica, tecnológica e cultural, incentivando a inovação e a geração de conhecimentos, de parcerias e de produtos dentro dos campi da UFF; promover a melhoria da qualidade da produção científica e tecnológica; apoiar eventos que fortalecem a cooperação destinados à pós-graduação e parceiros internacionais e incentivar a participação de professores e alunos de pós-graduação.

Confira o cronograma:

  • Data de início para submissão eletrônica das propostas de eventos: 21/05/2018
  • Data limite para submissão eletrônica das propostas de eventos: 21/06/2018
  • Previsão de Divulgação do resultado preliminar: 28/06/2018
  • Envio de recursos: 5 dias a partir da divulgação do resultado preliminar no site da UFF/PROPPI
  • Divulgação do resultado final: 15/07/2018

Acesse o edital: http://editais.uff.br/3964

Inscrições: http://bit.ly/UFFPAEC2018

Inscrições abertas para Prêmio CAPES de Tese 2018

Postado por poscardio em 16/maio/2018 - Sem Comentários

Estão abertas, até 27 de junho, as inscrições para o Prêmio CAPES de Tese 2018, que reconhecerá as melhores teses defendidas em 2017. Essa edição pagará mais de R$ 300 mil em benefícios aos agraciados.

Criado em 2005, o Prêmio CAPES de Tese é constituído pelo Prêmio CAPES de Tese e o Grande Prêmio CAPES de Tese e é outorgado anualmente em reconhecimento às melhores teses de doutorado aprovadas nos cursos de pós-graduação adimplentes e reconhecidos no Sistema Nacional de Pós-Graduação em cada uma das 49 áreas do conhecimento. Os critérios de premiação deverão considerar: a originalidade do trabalho; sua relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social e de inovação; o valor agregado pelo sistema educacional ao candidato. Duas teses em cada uma das áreas também poderão ser agraciadas com Menção Honrosa. Serão concedidos, ainda, prêmios especiais para áreas pré-determinadas em parceria com a Fundação Carlos Chagas e com a Comissão Fulbright. O Grande Prêmio CAPES de Tese será outorgado em parceria com a Fundação Conrado Wessel.

Inscrições
A pré-seleção das teses a serem indicadas ao Prêmio CAPES de Tese ocorrerá nos Programas de Pós-Graduação das Instituições de Ensino Superior (IES). Cada programa de doutorado deverá instituir uma comissão de avaliação para selecionar a tese a ser inscrita, de acordo com os critérios estabelecidos no Edital nº 16/2018. Após a indicação da tese vencedora pela comissão de avaliação, o coordenador do Programa de Pós-Graduação será responsável pela inscrição do trabalho no sistema da CAPES até o dia 27 de junho de 2018. Após avaliação da comissão de premiação instituída pela CAPES, o resultado será divulgado em setembro.

Prêmio CAPES de Tese
O Prêmio consiste em diploma, medalha e bolsa de pós-doutorado nacional de até 12 meses para o autor da tese; auxílio para participação em congresso nacional, para o orientador, no valor de R$ 3 mil; distinção a ser outorgada ao orientador, coorientador e ao programa em que foi defendida a tese; além de passagem aérea e diária para o autor e um dos orientadores da tese premiada para que compareçam à cerimônia de premiação, que ocorrerá no dia 13 de dezembro de 2018.

A Fundação Carlos Chagas ainda premiará cada tese vencedora nas áreas de Educação e de Ensino com R$ 15 mil e outros R$ 5 mil para os reconhecidos nas mesmas áreas na categoria Menção Honrosa. Pela Comissão Fulbright, será concedida uma bolsa de pós-doutorado pelo período de quatro meses no valor total de US$ 16 mil para um dos vencedores do Prêmio CAPES de Tese cujo trabalho evidencie a amplitude e a profundidade das relações Brasil-Estados Unidos.

Grande Prêmio
Em parceria com a Fundação Conrado Wessel, o Grande Prêmio é outorgado para a melhor tese selecionada entre as vencedoras do Prêmio CAPES de Tese, agrupadas em três grupos de grandes áreas. Em cada ano, um cientista ilustre, brasileiro ou que se tenha radicado no Brasil, cuja pesquisa se tenha enquadrado no conjunto em que a premiação é concedida, é homenageado em cada uma das grandes áreas. Em 2018, serão homenageados Amílcar Vianna Martins, na grande área Ciências Biológicas, Ciências da Saúde e Ciências Agrárias; Alberto Luiz Galvão Coimbra, nas Engenharias, Ciências Exatas e da Terra e Multidisciplinar (Materiais e Biotecnologia); e Juarez Rubens Brandão Lopes, nas Ciências Humanas, Linguística, Letras e Artes e Ciências Sociais Aplicadas e Multidisciplinar (Ensino). Concorrem automaticamente ao Grande Prêmio as teses selecionadas para a atribuição do Prêmio relativo à sua área.

O Grande Prêmio consiste em certificado de premiação, troféu e bolsa de pós-doutorado internacional de até 12 meses para o autor da tese; auxílio para uma participação em congresso internacional, para o orientador, no valor de R$ 9 mil; certificado de premiação ao orientador, coorientador e ao programa em que foi defendida a tese; e passagem aérea e diária para o autor e um dos orientadores da tese premiada para que compareçam à cerimônia de premiação. Pela Fundação Conrado Wessel, são oferecidos três prêmios no valor de U$ 15 mil cada um para cada premiado nas três grandes áreas.

Fonte: CCS/CAPES

Últimas Notícias

Chamada para Processo Seletivo MD-PhD 2018

Chamada para Processo Seletivo MD-PhD 2018

PROCESSO SELETIVO CONJUNTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DA PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CARDIO[...]
A PGCCV divulga edital para seleção de participantes do PNPD

A PGCCV divulga edital para seleção de participantes do PNPD

A Coordenação do Curso de Pós-Graduação em Ciências Cardiovasculares da Universidade Federal Flumine[...]
REARI-RJ divulga : Pós doc estrangeiros no Brasil com fomentos europeus

REARI-RJ divulga : Pós doc estrangeiros no Brasil com fomentos europeus

Pós-doc estrangeiros no Brasil com fomento europeu.  Prazo para submissão de propostas: 12 de[...]
Aberto edital que oferece três bolsas de doutorado-sanduíche, através de parceria entre a UFF e o Santander Universidades.

Aberto edital que oferece três bolsas de doutorado-sanduíche, através de parceria entre a UFF e o Santander Universidades.

Informações essenciais: - Inscrições: até 11/7; - Início da permanência no exterior: 2019-1; - Pe[...]