Infraestrutura

Laboratórios

O PPGCCV conta com cerca de 21 docentes permanentes e possui atualmente 29 alunos de mestrado e 27 alunos de doutorado. Dispõe da infraestrutura do Hospital Universitário Antônio Pedro (HUAP), incluindo suas enfermarias, ambulatórios e laboratórios. O programa também conta com a participação de laboratórios associados, inclusive localizados no Instituto Biomédico.
Atualmente, a pesquisa clínica no HUAP foi reorganizada na forma da Unidade de Pesquisa Clínica (UPC) em função da execução do projeto FINEP para este fim. Dentro desta lógica, o Centro de Pesquisa Clínica, passou a ser um dos núcleos da Unidade com a característica de ser uma área dedicada e exclusiva.
O HUAP é composto de um prédio principal de 8 andares, um prédio anexo com salas de aula e administração com 6 andares, um prédio de 4 andares acima do setor de emergência, um prédio com 3 andares que abriga a Unidade de Pesquisa Clínica em DIP/DST/AIDS (térreo) e o Laboratório Multidisciplinar de Pesquisa (2º e 3º andares).
Especificamente a área da UPC-HUAP/UFF combina a área dedicada e exclusiva com 343m2 no prédio acima do setor de emergência e outras áreas envolvidas com o desenvolvimento de pesquisa clínica segundo a filosofia de disponibilidade garantida, as quais
incluem 1) todo o 4° andar do prédio principal do HUAP onde se localizam os laboratórios de Patologia Clínica, Hematologia e Anatomia Patológica, 2) o andar térreo do prédio anexo (Núcleo de DIP/DST/AIDS), 3) 2° e 3º andares do mesmo prédio (Laboratório Multidisciplinar de Pesquisa), 4) ambulatório localizado no andar térreo do prédio principal, 5) laboratórios no 2° andar do prédio principal onde se localizam os equipamentos para avaliação funcional e 6) 01 escritório contínuo à uma sala de reunião (40m2) localizados no prédio administrativo junto à direção do Hospital onde funciona o Núcleo de avaliação Tecnológica.
A área dedicada e exclusiva foi construída de acordo com as normas de acreditação hospitalar do Ministério da Saúde e suas instalações são adequadas para a atenção, cuidados e privacidade aos voluntários (pacientes), com condições de conforto e higiene ap|to a realizar Ensaios Clínicos Controlados e de Bioequivalência / Biodisponiblidade Farmacêutica. A área dedicada e exclusiva localiza-se no 4°andar do Setor de Emergência com 02 elevadores independentes de acesso e passagem de emergência para o prédio principal. A área de internação compõe-se de 02 enfermarias com 02 pias cada, contíguas entre si (144 m2), uma para 06 leitos com divisórias retráteis (60 m2) e outra para 08 leitos com divisórias retráteis (72 m2), separados por área de circulação comum (corredor) de 11,2 m2.
O Laboratório de Ciências do Exercício, localizado no andar térreo do Instituo Biomédico, possui uma área de 96m2 e conta com um analisador metabólico de medidas de gases expirados para determinação da capacidade funcional, um pletismógrafo de oclusão venosa para medidas não invasivas de fluxo sangüíneo periférico, um fotopletismógrafo infravermelho para medida não-invasiva da pressão arterial digital, um eletrocardiógrafo/monitor digital, um sistema de eletrocardiografia ambulatorial, duas esteiras ergométricas, 3 cicloergômetros de frenagem eletromagnética, dois sistemas aglomerados para exercícios contra-resistência e uma centrífuga, entre outros equipamentos.
A incorporação dos projetos envolvendo Biologia Celular e Molecular, além da maior valorização do paradigma inflamatório nos processos cardiovasculares, evidenciaram a necessidade da implementação de laboratórios específicos. O Laboratório de Biologia Molecular já se encontra em pleno funcionamento, inclusive, tendo recebido apoio de edital específico da FAPERJ para participar de convênio visando o desenvolvimento de projetos de pesquisa aplicados ao SUS. A aprovação de dois projetos institucionais da FINEP (CT-INFRA e Unidades de Pesquisa Clínica em Hospitais de Ensino) trouxe maior impulso a estrutura deste laboratório, com a aquisição de um novo equipamento para PCR, citômetro de fluxo e seqüenciador de DNA cujos resultados concretos são observados sob a forma de publicações. Estes mesmos projetos permitiram ainda a implantação de um laboratório de Medicina Nuclear e renovação do equipamento de ergoespirometria e fotopleitimografia digital infra-vermelha para medida não invasiva de pressão arterial (Finapres). A organização de um projeto epidemiológico populacional em Niterói, por um dos docentes do Programa, teve o apoio da Coordenação contando com estrutura administrativa para planejamento e execução.
Mais recentemente estruturamos um laboratório de cultura de células endoteliais e outro de experimentação animal com recursos FINEP. Em adendo, o laboratório de Farmacologia Experimental e o Laboratório de Fisiologia do Exercício Experimental e Aplicada e o Laboratório de Fisiologia Celular e Molecular, todos localizados no Instituto Biomédico, tem tido sua infraestutura em contínua expansão incluindo a instalação do microscópio de fluorescência com sistema de imagem, citometria de fluxo, HPLC, sistema para órgão isolado, centrífuga refrigerada, ultracentrífuga, agregômetro, contador de radiação beta, fluorímetro digital, dosagens bioquímicas, Western blot, imunomarcação, cultura de células, um sistema de monitorização fisiológica invasiva e de telemetria para pequenos animais e PCR, entre outros equipamentos. Esta estrutura está em crescimento em função da aprovação de auxílios individuais e Institucionais. Os laboratórios contam com o apoio do biotério do Instituto Biomédico para criação e manutenção de ratos, com uma área de 70 m2 e busca de constante otimização, fortalecendo a rede.Encontra-se em elaboração um proposta institucional para o edital MCTI/FINEP/CT-INFRA – PROINFRA – 02/2014 visando fortalecer a Rede de Biotérios da Universidade.
No Hospital Universitário Antônio Pedro foi construído o Serviço de Medicina Nuclear e Imagem Molecular, que está em funcionamento desde 2012, onde são realizados exames de projetos de pesquisa de diversas teses e dissertações. Este projeto foi financiado com verba CT INFRA MCTI no projeto de pesquisa clínica e atualmente está recebendo financiamento do SUS (assistência para população da área metropolitana II) e da Agência Internacional de Energia Atômica de pesquisa e promoção do uso pacífico da energia nuclear. Também destacamos a modernização do parque de imagens do Hospital Universitário Antonio Pedro com implantação do PACS digitalizando imagens de exames em rede, a incorporação do equipamento de tomografia computadorizada de 64 detectores (utilizado para teses de CT de coronárias) e a nova ressonância magnética de 1,5Tesla que é a única em hospital público na área metropolitana 2 atuando em projetos de pesquisa e na assistência da população. Estes equipamentos vieram de verbas do CT INFRA e REHUF.
Através de verba REUNI, Programa do Governo Federal de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais do Brasil foi construído um prédio de pesquisa do Instituto Biomédico com 07 pavimentos, área construída de 5.320,00m2, composto por laboratórios e auditórios. Este prédio abriga alguns dos laboratórios de pesquisa de docentes credenciados ao PPGCCV como o Laboratório de Ciências do Exercício, o Laboratório de Farmacologia Experimental, Laboratório de Fisiologia Experimental e Aplicada e o Laboratório de Fisiologia Celular e Molecular, aumentando significativamente o espaço físico destes laboratórios para o desenvolvimento de projetos e alocação de equipamentos. Ainda dentro das expansões/adequações previstas no REUNI, encontra-se em construção um prédio com 08 pavimentos e 9.000,00 m2 de área aproximada para salas de aula, laboratórios, setores administrativos e de serviços gerais da Faculdade de Medicina, bem como a reforma do prédio existente com área aproximada de 2.000,00 m², que também beneficiarão o PPGCCV pelo aumento não só da sua área administrativa como também da área utilizada por pesquisadores e alunos para desenvolvimento de projetos de pesquisa e atividades acadêmicas.
Demonstrando nosso esforço de interiorização já temos laboratórios distantes como Nova Friburgo, onde a profª. Caroline Fernandes é responsável pelo laboratório Multiusuário de pesquisa Biomédica (LMPB).

Recursos de Informática

O parque de informática do Programa é continuamente atualizado com aquisição de laptops, computadores e projetores, tipo data-show, para permitir atividades com projeção multimídia nas diferentes salas e unidades que hoje compõem a estrutura multidisciplinar do Programa, bem como o processamento de dados. A instalação de computadores com sistema operacional Mac OS X permite o uso de softwares aplicativos gráficos para análises e processamentos de imagens médicas.
Em conjunto com os Programas de Pós-Graduação de Microbiologia e Parasitologia Aplicadas (PPGMPA) e Ciências Biomédicas (Fisiologia e Farmacologia- PPGFF), o PPGCCV apresentou uma proposta ao edital “Programa de Apoio à Infraestrutura das Pós-Graduações Stricto Sensu – INFRAPG” (edição 2014), lançado pela Pró-Reitoria de Pesquisa Pós-graduação e Inovação da UFF , sendo contemplado com um sistema de videoconferência (POLYCOM HDX 7000-720) no valor de R$ 36.800,00 em vias de instalação. Esta ação aumentará o acesso a palestras, conferências, seminários e minicursos, permitindo a diversificação destas atividades, inclusive com ocorrência em outro idioma que não a Língua Portuguesa, favorecendo ainda a internacionalização dos cursos.

Biblioteca

O acesso remoto ao Portal de Periódicos da CAPES e outras assinaturas de periódicos eletrônicos estão disponíveis a todo o corpo docente e discente por intermédio de um sistema de fibra óptica em banda larga. Quatro alunos de mestrado e doutorado participaram como agentes multiplicadores no programa promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa Pós-graduação e Inovação em conjunto com a CAPES para otimizar a utilização do Portal de Periódicos.

Últimas Notícias

Hackaton: Desafios em Ciências Cardiovasculares - 27/11/17 - 9h - HUAP

Hackaton: Desafios em Ciências Cardiovasculares - 27/11/17 - 9h - HUAP

  Hackathon: Desafios em Ciências Cardiovasculares Objetivo O objetivo do Hackathon é tratar de[...]
ENCONTRO DOS RESIDENTES - 11/11/17 - SOCERJ

ENCONTRO DOS RESIDENTES - 11/11/17 - SOCERJ

A SOCERJ pelo quinto ano consecutivo realizará o Encontro dos Residentes e pós-graduandos do Estado [...]
V JACC é contemplada no Programa de Apoio a Eventos Científicos 2017

V JACC é contemplada no Programa de Apoio a Eventos Científicos 2017

A V Jornada Anual em Ciências Cardiovasculares, promovida pela Pós-Graduação em Ciências Cardiovascu[...]
Primeiro Encontro de Ligas Acadêmicas sobre Inteligência Artificial - 23/11/17 - Anfiteatro Aloysio de Paula